Lição 2 - Respeito às diferenças

EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS (em casa)
(p/ aluno/a  e professor/a)


FUNDAMENTAL II E ENSINO MÉDIO

ASSUNTO: Respeito às diferenças

INICIANDO A CONVERSA
O novo coronavírus contaminou todo tipo de pessoa, grupos de diferentes modos de vida e povos de diversas culturas. Este enorme sofrimento vem mostrando que, apesar de sermos diferentes, temos a mesma identidade humana. Respeitar as diferenças e reconhecer nossa identidade comum como humanidade é a primeira condição para evitar a formação de preconceitos: racial, social, de gênero, de orientação sexual, de religião etc.

É bom que as pessoas sejam diferentes. A diversidade é o que garante o equilíbrio e beleza da vida na natureza. Isso vale também para a sociedade, quando suas leis permitem a pluralidade de ideias e a convivência democrática. Respeitar as diferenças é tolerância, porém essa tolerância tem um limite. Não se pode aceitar tudo que é intolerável: o autoritarismo, o preconceito, o machismo a exploração do outro que gera a pobreza, a violência e as péssimas condições de vida

As sugestões de atividades desta lição têm objetivo de realizar estudos e conversas para conhecer melhor as diferenças entre as pessoas, grupos, culturas e povos. E também o objetivo de desenvolver atitudes críticas para denunciar e combater todas as formas de discriminação e preconceito.


SUGESTÃO DE ATIVIDADES

1. Iniciar vendo vídeo-música - Música: Diversidade - Lenine (5.02)  > clique aqui

2. Cada aluno da classe escolhe na internet uma foto de uma pessoa com roupas e ornamentos de uma cultura bem diferente. Mostrar para os familiares e conversar sobre painel.

3. Pesquisar sobre as diversas formas de preconceito. O que é: racismo, machismo, homofobia, preconceito religioso? Conversar com os familiares e amigos (online) sobre a pesquisa.

4. Postar no grupo online de sua classe uma frase para combater o racismo no Brasil.

5. Conversar com os familiares e com o/a professor/a sobre o coronavírus nos povos indígenas: Como conciliar a recomendações médicas (uso de máscara, higienização constante das mãos e distanciamento social) com as particularidades culturais de diferentes povos indígenas?

6. Conversar com os familiares e o/a professor/a online e fazer uma redação a partir da frase: 

"Temos o direito a ser iguais sempre que a diferença nos inferioriza; temos o direito a ser diferentes sempre que a igualdade nos descaracteriza". (Boaventura de Souza Santos) 


MATERIAL COMPLEMENTAR

- Vídeo: O que é racismo estrutural? (5:06) > clique aqui <
- Vídeo: Intolerância religiosa (2:12) > clique aqui <
- Vídeo: O preconceito LGBT+ - Na visão da Criança. (2:30) > clique aqui <
- Vídeo-clipe sobre o racismo, de Carlinhos Brown/Guilherme Menezes. (3.51)  > clique aqui <
- Cartilha: "Para uma educação antirracista" > clique aqui <

<<< Voltar